Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Aurora Madaleno2

Aurora Madaleno2

12
Mai22

Desgarrada

Aurora Madaleno

Desgarrada   

 

 

Meninas cantai cantai

Pois fica-vos muito bem

Quem canta seu mal espanta

Eu vou a cantar também

 

Eu vou a cantar também

Vou cantar à desgarrada

Saia lá minha menina

Com a garganta afinada

 

Com a garganta afinada

Pronta a medir-me contigo

Tu nunca me vencerás

Mas derrotar-te eu consigo

 

Derrotar-me não consegues

Nem tentes lá, ó menina,

Sempre que abres a boca

Não sei a que se destina

 

Destina-se isso sei eu

A amansar tua vaidade

Não digas tu que és bonita

Com a mesma liberdade

 

Com a mesma liberdade

P'ra cantar me ofereci

Agora vou acabar

Já não posso estar aqui

 

Não podes estar aqui

Já tens de te ir embora

Vais ter com o teu amor

Que te espera a esta hora.

 

Que me espera a esta hora

Meu amor espera sempre

E cantem todos comigo

Cante alegre toda a gente.

 

Acabou a desgarrada

Agradeço o teu presente,

Gostei de cantar contigo

E parto daqui contente.

 

Aurora Martins Madaleno

1970 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub